Cuiabá, 27 de Maio de 2024

RADAR NEWS Terça-feira, 05 de Dezembro de 2017, 16:59 - A | A

05 de Dezembro de 2017, 16h:59 - A | A

RADAR NEWS / ABUSO DE PODER

Juiz determina uso de tornozeleira eletrônica em Pery Taborelli

Da Redação



(Foto: Reprodução)

pery-taborelli-600.jpg

 

O coronel aposentado da Polícia Militar e ex-deputado estadual, Pery Taborelli, deve utilizar tornozeleira eletrônica e está proibido de portar armas durante cumprimento de pena em regime domiciliar, atendendo uma determinação do juiz Jorge Luiz Tadeu Rodrigues, da Vara de Execuções Penais do Tribunal de Justiça (TJMT), assinada nesta segunda (4).

 

 

Taborelli se entregou a Justiça na última sexta (1º), após a 2ª Vara Criminal de Cuiabá expedir um novo mandato de prisão contra o ex-parlamentar. Perry teve a prisão decretada no último dia 31 de outubro, pelo juiz Geraldo Fidélis, por ausência em audiências no Fórum da capital.

 

 

O mandato de prisão foi assinado pelo magistrado em ação que o ex-deputado é acusado de abuso de autoridade e privação de liberdade de menores quando era coronel da PM. Taborelli foi condenado, em março deste ano, a 2 anos e 4 meses de prisão em regime semiaberto.

 

De acordo com a denúncia, em julho de 2011, na função de comandante do Comando Regional II, o ex-deputado teria realizado a prisão de três menores de forma truculenta durante a festa em comemoração aos 150 anos do município de Rosário Oeste (a 133 km de Cuiabá). A abordagem teria sido motivada por uma denúncia de que menores estavam consumindo bebida alcoólica.

 

 

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia