Cuiabá, 25 de Maio de 2024

RADAR NEWS Terça-feira, 26 de Dezembro de 2017, 17:50 - A | A

26 de Dezembro de 2017, 17h:50 - A | A

RADAR NEWS / "MALAS PRONTAS"

Max Russi pode antecipar saída e entregar comando da Casa Civil a Taques

Da Redação



(Foto: Gcom-MT)

secretário Max Russi 2.jpg

 

Nada mais comum nos corredores palacianos do que os famosos 'fuxicos' políticos, que alguns analistas optam em chamar de informações de bastidores. Assim, lá pelas bandas do Palácio Paiaguás, circulam informações de que o deputado socialista licenciado e secretário-chefe da Casa Civil, Max Russi, estaria prestes a colocar sua exoneração na mesa do governador Pedro Taques (PSDB).

 

Russi que teria que deixar o cargo somente no início de abril de 2018, para disputar a reeleição na Assembleia Legislativa, ao visto anda descontente com as cobranças de sua base, após as promessas feitas às suas lideranças, de executar ações por meio das emendas parlamentares.

 

Sem a liberação dos recursos das emendas e longe de poder honrar seus compromissos, Russi pode antecipar sua saída. Claro, antes deve se reunir com o gestor estadual.

 

Até há quem diga no Paiaguás, que Taques e Max Russi já estão reunidos e às portas fechadas. 

 

Após reunião realizada durante todo o dia, na última sexta-feira (22), foram anunciadas algumas baixas em seu staff. Aliás, nos últimos sete dias, deixaram o governo os secretários de Fazenda, Gustavo Oliveira, de Cultura, Leandro Carvalho, de Turismo, Carlos Nigro. Além do vice-governador Carlos Fávaro, que comandava a Sema e ainda os secretários Paulo Borges (MTI) e Arnon Osny Mendes.

 

Até sexta, Taques deve apresentar nomes que vão compor seu secretariado, além dos nomes para cargos de 2º escalão como presidentes do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e da Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI).

 

O último a comunicar a saída, foi  o Gustavo Oliveira sob a justificativa de voltar a vida empresarial. Em entrevista, ele disse que iria deixar o comando da pasta para se dedicar aos negócios da família. Gustavo assumiu o lugar de Seneri Paludo, ainda em dezembro do ano passado.

 

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia