Cuiabá, 17 de Junho de 2024

CIDADES Segunda-feira, 30 de Maio de 2022, 08:46 - A | A

30 de Maio de 2022, 08h:46 - A | A

CIDADES / DENÚNCIA ANÔNIMA

Município de MT entra em estado de alerta após caso suspeito de varíola de macacos

Abraão Ribeiro
Única News



Uma denúncia anônima dando conta de um caso suspeito de varíola de macacos colocou o município de Cáceres (250 km de Cuiabá) em estado de alerta na última quinta-feira (26).

A secretária Municipal de Saúde de Cáceres, Elis Fernanda de Melo Silva, informou que o município entrou em estado de alerta na última quinta e permanece enquanto houver risco no município.

“Tivemos uma denúncia que uma pessoa passou pela fronteira com o braço cheio de lesões características da doença. Então, colocamos os nossos profissionais em estado de alerta. As pessoas que verem casos característicos pode informar para Vigilância em Saúde, ou qualquer unidade de saúde do nosso município”, informou.

A secretária enfatizou à imprensa que a denúncia foi informal e não sabem até o momento se o caso é real, mas, por precaução, entraram em estado em alerta, pois também fazem fronteira com a Bolívia. No país, um jovem, da cidade de Santa Cruz de La Sierra, foi isolado após apresentar sintomas semelhantes ao da varíola de macacos.

“A nossa preocupação é porque é uma doença que se espalha muito rápido. Acabamos de passar por uma pandemia, a gente já fica em alerta e com medo de viver novamente um surto ou epidemia de uma nova doença”.

A secretária explicou que o estado de alerta se aplica, principalmente aos profissionais da saúde, que precisam notificar imediatamente casos suspeitos, para que seja feito o isolamento do paciente.

“Se houver algum caso notificado no município, vamos fazer as barreiras sanitárias, que já fazem parte do nosso plano de contingência municipal e estamos preparados”.

Sintomas da doença

Os sintomas iniciais da varíola dos macacos incluem febre, dor de cabeça, dores musculares, dores nas costas, linfonodos inchados, calafrios e exaustão.

Lesões na pele se desenvolvem primeiramente no rosto e depois se espalham para outras partes do corpo. As lesões na pele parecem as da catapora ou da sífilis até formarem uma crosta, que depois cai.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia