Cuiabá, 21 de Janeiro de 2021

GERAL
Quarta-feira, 02 de Dezembro de 2020, 15h:40

RAINHA EM PERIGO

Onça-pintada é encontrada morta às margens da MT-225 após atropelamento

Da Redação
Única News

Foto: Tárcio Mesquita

Servidores da Prefeitura de Feliz Natal (512 km de Cuiabá) encontraram na manhã desta quarta-feira (2) uma onça-pintada macho morta às margens da MT-225, aproximadamente 6 quilômetros da região central do município. Ao que tudo indica o felino foi atropelado na noite anterior.

Segundo informações, a onça já estava na fase adulta e tinha cerca de 180 quilos. Não há informações de qual veículo pode ter a atropelado o animal. Logo após ser encontrado, o corpo foi retirado do local por outra equipe da prefeitura de Feliz Natal.

No mês passado uma outra onça-pintada foi atingida por um poste de concreto da rede de energia elétrica, em uma estrada rural que faz entroncamento com a MT-222, (rodovia dos Pioneiros), em Sinop. O animal ainda foi eletrocutado.

Vale ressaltar que as populações de onça-pintada, que é considerada a ‘Rainha da floresta’, vêm diminuindo devido ao confronto com atividades humanas, como a pecuária, e também por conta de acidentes nas BRs do Brasil.

A espécie é classificada pela União Internacional para Conservação da Natureza (IUCN) e pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) como vulnerável e está no Apêndice I da Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies de Fauna e Flora Selvagem Ameaçadas de Extinção (Cites).

Ou seja, o risco de extinção está associado ao comércio e sua comercialização só é permitida em casos excepcionais, mediante autorização expressa.

A espécie era encontrada desde o sudoeste dos Estados Unidos até o norte da Argentina. Mas está oficialmente extinta nos Estados Unidos e já é uma raridade no México.

Galeria de fotos:


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE