Cuiabá, 22 de Maio de 2024

POLÍTICA Quarta-feira, 06 de Setembro de 2017, 17:04 - A | A

06 de Setembro de 2017, 17h:04 - A | A

POLÍTICA / CUIABÁ 300 ANOS

Após revitalização, Centro Histórico deve voltar a fazer parte de rota turística na capital

Wellyngton Souza / Única News



(Foto: Roger Perisson)

vuolo5.JPG

 

O Centro Histórico de Cuiabá deve ser, nos próximos meses, um novo local de lazer para a população cuiabana, pois deve receber feiras livres, pontos de consumo e atrações culturais. Além disso, será um espaço para prática de atividades sociais. A intenção é que até os 300 anos da capital mato-grossense, o ponto na região central de Cuiabá esteja completamente revitalizado.

 

Segundo o secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Francisco Antônio Vuolo, já existe um projeto de ações para desenvolver as atividades no local e atrair um novo público. "Planejamento se faz com diversas entidades envolvidas - Federação da Indústria, CDL, governo do estado e afins. O ordenamento das ações dentro de um planejamento é garantir resultado".

 

Conforme o gestor da pasta, a proposta de revitalização do espaço envolve alguns víeis fundamentais para chegar ao resultado esperado. As mudanças necessárias seriam a reforma estrutural das vias no entorno do Centro Histórico, reforma dos casarões e investimentos em atividades voltadas as ações sociais, bem como gerar novas oportunidades aos comerciantes locais.

 

"É preciso pensar nos atrativos que pretendemos oferecer no local.  Não adianta termos um espaço com uma história para contar, se não tiver algo que chame atenção da população. Queremos que seja um espaço democrático. As realizações ocorrerão por parte das secretarias de Cultura, Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente, Obras Públicas. Todas terão um papel fundamental que deverá executar por ordem do prefeito para ações que serão colocadas para realização das comemorações dos 300 anos de Cuiabá", disse durante entrevista exclusiva ao site Única News

 

O prefeito sancionou no dia 12 de julho, a Lei que cria a Secretaria Municipal Extraordinária Cuiabá 300 anos (SEC 300). Entre os projetos, estão a reestruturação do Mercado do Porto e do Mercado Municipal, a implantação de 10 novos parques na Capital, reestruturação do Horto Florestal, uma trincheira no Jardim Itália e um viaduto na Beira Rio, próximo à ponte Sérgio Motta. Já, no Morro da Luz, o prefeito pretende implantar uma torre com um restaurante giratório e com vista para toda a Capital.

 

Além disso, o projeto de instalação de um relógio que ficará na Avenida Mato Grosso e fará a contagem regressiva para o aniversário da Capital, deve ser realizado em breve. Emanuel diz que as obras serão entregues até o final de seu mandato. Ao todo, somam quase R$ 500 milhões.

 

"O prefeito criou a SEC 300 para poder organizar e desenhar as ações no calendário de eventos. A SEC 300 não terá papel de execução, tanto é que o orçamento é destinado ao custeio e ao pessoal. A gente busca com a SEC 300 é a integração das várias entidades e secretarias para que possam trabalhar em conjunto.  A programação dos 300 anos não fechamos ainda porque agora que estamos fechando os projetos oficiais que serão inclusos na programação, e que ao longo desse trajeto pode surgir novos trabalhos".  

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia