Cuiabá, 25 de Janeiro de 2021

POLÍTICA MT
Terça-feira, 24 de Novembro de 2020, 11h:53

PREVENÇÃO À COVID-19

Assembleia manterá sessões virtuais e atendimento ao público suspenso até ano que vem

Única News
Da redação

(Foto: Angelo Varela/ALMT)

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) continuará com as sessões remotas como prevenção a Covid-19. Sendo assim, além das sessões plenárias, outras reuniões de comissões permanentes, temporárias e audiências públicas serão de forma virtual. O atendimento do público externo também continua suspenso.

A medida segue depois da recomendação da Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social, nessa segunda-feira (23), pedindo a prevenção para evitar a propagação do vírus. A medida administrativa deve seguir até o fim do ano.

A recomendação foi feita pelos deputados Dr. Eugênio (PSB), Dr. João (MDB), Lúdio Cabral (PT) e Dr. Gimenez (PV), em resposta a um memorando encaminhado pela Secretaria Parlamentar da Mesa Diretora, por meio do qual o presidente, deputado Eduardo Botelho (DEM), solicita parecer da comissão acerca da viabilidade de retorno do funcionamento integral da ALMT.

O deputado Lúdio Cabral, que é médico sanitarista, sugeriu que as medidas sejam mantidas até o encerramento do ano legislativo e voltem a ser discutidas no início do próximo ano, sendo acompanhado pelos demais parlamentares.

“Nós ainda precisamos conservar esse modelo híbrido de funcionamento e, a partir de janeiro, dependendo de como tiver a curva da epidemia, podemos retomar o funcionamento normal. Se continuar o padrão de descida da curva epidêmica que observamos agora, nós chegaremos em fevereiro a um cenário de bastante estabilidade. Não podemos esquecer que ainda temos dois milhões de cidadãos no estado que ainda não foram infectados e as bolhas de proteção podem começar a estourar, então precisamos manter todo o cuidado possível”.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE