Cuiabá, 21 de Junho de 2024

POLÍTICA Quinta-feira, 21 de Dezembro de 2023, 16:00 - A | A

21 de Dezembro de 2023, 16h:00 - A | A

POLÍTICA / PREJUÍZOS DO ‘EL NIÑO’

Deputados pedem que Mauro decrete emergência no Agro

Segundo Eduardo Botelho e Janaina Riva Botelho, pedido foi feito visando amenizar prejuízos financeiros no setor

Ari Miranda
Única News



Reprodução/ALMT

DEPUTADOS ALMT

 

Deputados da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) encaminharam um ofício ao governador Mauro Mendes (UB), na manhã desta quinta-feira (21) pedindo que o Governo Estado decrete situação de emergência em MT, por causa da seca que tem castigado e prejudicado o setor do agronegócio, provocada pelo fenômeno climático ‘El Niño’.

O pedido, enviado em regime de emergência ao Palácio Paiaguás, foi endossado por um grupo de deputados da Casa e assinado pelo presidente do parlamento estadual, deputado Eduardo Botelho (UB) e a vice-presidente, deputada Janaina Riva (MDB), que justificaram o pedido com base nos prejuízos econômicos que a escassez de chuvas pode deixar ao Estado no ano que vem.

Eduardo Botelho explicou que o pedido foi feito pensando nos pequenos produtores do estado, destacando que a Assembleia não tem autonomia para fazer o decreto. Por isso ,a solicitação foi feita em caráter de urgência ao governo estadual.

“(…)Pessoas estão sofrendo com a seca, vendo o gado morrer de sede, muitos produtores estão perdendo, tendo que gradear a [lavoura de] soja. A situação é muito dramática e por isso estamos encaminhando esse decreto ao governador, para salvar essas pessoas, que realmente vão sofrer [com os prejuízos]”, disse Botelho.

Conforme Janaina Riva, o documento atende a um anseio não só de produtores rurais do estado, mas também de entidades representativas do setor e prefeituras que poderão ter sua principal fonte de renda, o agro, prejudicada pelos efeitos do ‘El Niño’.

“Esse também é um pedido da Aprosoja [Associação dos Produtores de Soja e Milho], da Famato [Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso] e de municípios como Primavera do Leste, Juara, Canarana e outros, que já decretaram situação de emergência, para ajudar os produtores nesse cenário de dificuldade”, observou Janaina.

“São vários os relatos de produtores perdendo toda sua da produção, gado morrendo de sede e sabemos que isso impacta principalmente os pequenos, refletindo negativamente em toda a economia do Estado”, concluiu Janaína.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia