Cuiabá, 25 de Novembro de 2020

POLÍTICA MT
Quarta-feira, 21 de Outubro de 2020, 17h:49

RIVAIS POLÍTICOS

Em vídeo, Abílio Jr confirma rompimento com Pinheiro por não nomear aliados

Da Redação
Única News

(Foto: reprodução)

Em um vídeo que ressurgiu nesta campanha eleitoral, o então iniciante vereador Abílio Jr (Podemos) fala sobre sua ida ao Palácio Alencastro para buscar currículos de pessoas que ele teria indicado para assumir cargos na gestão de Emanuel Pinheiro (MDB), em Cuiabá. No vídeo, Abílio tece críticas ao prefeito pela falta de atendimento aos seus pedidos.

Recentemente, Emanuel Pinheiro, que é candidato à reeleição, disse que Abílio Jr só rompeu com ele, porque não arrumou cargos comissionados para seus ‘apadrinhados políticos’. Ele também rebateu as declarações de vereador que havia acusado de fazer uso da máquina da Prefeitura.

O vídeo reforça a fala de Pinheiro, pois Abílio reclama que não foi atendido pelo prefeito para tratar de suas “parcerias” e “alianças”.

“Durante 40 dias tentei marcar uma reunião com o prefeito Emanuel para a gente poder conversar sobre as nossas parcerias, nossas alianças, e acho que meu atendimento não foi tão humanizado assim, porque eu em 40 dias não consegui essa reunião com ele, parte por sua agenda, parte por temos dificuldade em nos relacionarmos”, começou o vereador.

Ele ainda avança, falando que veio recolher os currículos daqueles que ajudaram a eleger Pinheiro e que mereciam entrar na gestão.

“Então eu vim aqui na Prefeitura de Cuiabá, vim buscar nossos currículos, deixei a disposição nossas indicações e dizer que o nosso relacionamento com a Prefeitura de Cuiabá se dará apenas nas questões Legislativo-Executivo”, sacramento o rompimento Abílio Jr.

Essa semana, o emedebista apontou que Abílio teve o irmão e sogra nomeados na Assembleia Legislativa, mas que supostamente eram servidores fantasmas. Já seu candidato a vice, Felipe Wellaton (Cidadania), foi denunciado pela prática de ‘rachadinha’, em seu gabinete na Câmara de Cuiabá. Além disso, ambos estariam fazendo mau uso de Verba Indenizatória.

“Ele e seu vice, Felipe Wellaton, fazem a malversação das verbas indenizatórias. Abílio teve sogra e irmão como funcionários fantasmas na Assembleia Legislativa. O vice deve explicações por causa da denúncia de rachadinha. Estão agindo com desespero tentar desviar o foco e jogando para mim. Eu estou dizendo e mostrando que eles estão usando a máquina pública. Agora, aonde eu estou usando? De qual forma? A gestão está acima da eleição. Eu não vou rifar a gestão que fizemos em Cuiabá por nada nesse mundo. Eu tenho um compromisso sagrado com a população cuiabana até o dia 31 de dezembro de 2020. Por isso, Cuiabá está sendo essa cidade de entrega obras e realizações”, apontou Pinheiro.

Emanuel lembra ainda sobre a existência de um vídeo em que o próprio Abílio gravou dizendo que estava rompendo com o prefeito porque não conseguiu nomear seus indicados. Ele aparece na imagem com os currículos em mãos.

Veja o vídeo a que o Única News teve acesso: 


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE