Cuiabá, 13 de Julho de 2024

POLÍTICA Sexta-feira, 26 de Outubro de 2018, 07:18 - A | A

26 de Outubro de 2018, 07h:18 - A | A

POLÍTICA / ELEIÇÕES PROCURADOR GERAL

Mendes garante que nomeará chefe do MPE por votação da categoria

Da Redação



(Foto: Roger Perisson)

Mauro Mendes - 19.jpg

 

O governador eleito em Mato Grosso, Mauro Mendes, garantiu nesta quinta-feira (25), durante coletiva à imprensa, na sala de reuniões da Procuradoria Geral de Justiça, que nomeará o candidato mais bem votado por promotores e procuradores de Justiça para ser o novo chefe do Ministério Público Estadual (MPE).

 

Dois membros disputam o cargo: Mauro Curvo, atual procurador-geral de Justiça; e José Antônio Borges Pereira, promotor de Justiça na área da Infância e Juventude em Cuiabá. A eleição ocorrerá no dia 14 de dezembro.


Mauro Mendes também assegurou que a parceira firmada com Ministério Público, por meio do Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos (CIRA), continuará e deverá ser ampliada. Entre os anos de 2015, 2016 e 2017 já foram recuperados cerca de R$ 1,5 bilhão.

 

“Vamos estudar a possibilidade de ampliarmos os mecanismos de controle. Em tempo de dificuldades, onde o que o Estado arrecada não é suficiente para pagar a conta do mês, é necessário encontrar alternativas para reduzir as despesas e aumentar a arrecadação”, declarou o governador eleito.


Mendes também enfatizou que as discussões em torno dos duodécimos repassados aos Poderes exigem cautela. E que eventual proposta de redução, manutenção ou até mesmo ampliação de valores somente será feita após a análise dos números e de maneira objetiva. 


O procurador-geral de Justiça deixou claro que sempre esteve aberto ao diálogo e esclareceu que a realidade orçamentária do Ministério Público é a mesma de dois anos atrás.

 

“Há dois anos não recebemos os repasses de forma integral e ainda existem pendências deste ano. A situação é preocupante, mas temos a convicção que encontraremos um caminho que seja bom para todo o Estado”, afirmou.

 

Reunião com Pedro Taques

 

Mauro Mendes se reuniu também pela primeira vez, nesta quinta-feira (25), após as eleições com o atual gestor estadual, Pedro Taques (PSDB), para iniciar o processo de transição das gestões. O foco do encontro foi, principalmente, sobre questões financeiras do Estado.

 

“Primeiro que está é uma visita de cortesia a ele que é até o dia 31 de dezembro o governador do Estado, falamos objetivamente sobre alguns temas relevantes, entre eles sobre a Lei Orçamentária Anual. Pedimos e ele acolheu para que ela seja retornada ao Executivo nos oportunizando uma discussão e eventualmente uma compreensão em eventuais ajustes que poderão ser feitos para o exercício de 2019”, frisou.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia