Cuiabá, 20 de Junho de 2024

RADAR NEWS Quinta-feira, 30 de Maio de 2024, 08:30 - A | A

30 de Maio de 2024, 08h:30 - A | A

RADAR NEWS / “SITUAÇÃO HUMILHANTE”

Jayme: “Cancelamento de títulos de cidadão a Moraes e Dino foi ‘molecagem’”

Senador criticou Comissão de Direitos Humanos da AL por veto a títulos de cidadão para ministros do STF.

Da Redação
Única News



O senador mato-grossense Jayme Campos (UB) considerou uma "molecagem", além de “humilhante e deprimente” a atitude da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), que na semana passada derrubou a entrega de títulos de cidadãos mato-grossenses aos ministros do STF, Alexandre de Moraes e Flávio Dino.

A honraria foi proposta pelo deputado Valdir Barranco (PT). Todavia, o presidente da comissão, deputado Gilberto Cattani (PL) frustrou os planos do colega petista e cancelou a concessão das homenagens, alegando que a entrega dos títulos foi aprovada “na surdina”, em uma reunião extraordinária só com membros suplentes – entre eles, o próprio Valdir Barranco.

“Muito desagradável! isso não se faz com ninguém. É humilhante e deprimente, ainda mais com um ministro do STF. Não interessa se é por questão ideológica ou partidária, é ‘molecagem’, falta de respeito e educação”, criticou.

Presidente da Comissão, Gilberto Cattani rebateu a crítica do senador, dizendo que "molecagem é Várzea grande não ter água", se referindo ao principal problema da cidade, historicamente administrada pela família Campos.

Fazem parte da Comissão de Direitos Humanos da AL os deputados Gilberto Cattani, presidente do grupo,e os parlamentares Sebastião Rezende (UB), Max Russi (PSB), Thiago Silva (MDB) e Lúdio Cabral (PT).

Na suplência da comissão, além de Valdir Barranco estão os deputados Dr. Eugênio (PSB), Juca do Guaraná (MDB), Diego Guimarães (Republicanos) e Ondanir Bortolini “Nininho” (PSD).

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia