Cuiabá, 22 de Fevereiro de 2020

RADAR NEWS
Sábado, 18 de Janeiro de 2020, 14h:13

DISPUTA

Victório Galli pede votos para ele mesmo em enquete sobre eleição ao Senado

Única News

Única News

Mesmo sem oficializar sua pré-candidatura ao Senado, na vaga deixada por Selma Arruda (Podemos),o ex-assessor de Jair Bolsonaro, Victorio Galli, parece querer mesmo ir à disputa. Selma foi cassada por prática de caixa 2 e abuso de poder econômico em 2018. Agora, novas eleições devem ser realizadas para substituí-la.

No Whatsapp, Galli compartilhou enquete que está sendo feita em um site de Mato Grosso, com uma mensagem em que pede votos para ele mesmo. As mensagens foram enviadas na manhã desta sábado (18).

Galli foi deputado federal por Mato Grosso, mas não conseguiu voltar ao cargo nas eleições de 2018.

A eleição

A disputa suplementar ainda não tem data definida para ocorrer. O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) se reúne em 22 de janeiro, em sessão plenária, para definir as regras para a nova eleição. A data mais provável é 26 de abril, no entanto, não é oficial.

O TRE deve anunciar o tempo de descompatibilização para candidatos que exercem funções públicas, data das convenções partidárias, tempo de campanha eleitoral, horário eleitoral e tempo de exposição dos candidatos nas rádios e na TV.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE