Cuiabá, 26 de Maio de 2020

CIDADES
Quarta-feira, 08 de Abril de 2020, 17h:37

ATUALIZAÇÃO

Mato Grosso chega a 90 casos de Coronavírus; onze se recuperaram

Da Redação
Única News

(Foto: Dado Ruvic/Reuters/Arquivo)

O boletim desta quarta-feira (8) sobre o Coronavírus em Mato Grosso confirma 90 pacientes para doença. Onze pessoas estão recuperados e uma morreu: um homem de 54 anos de Lucas do Rio Verde, que faleceu na última sexta-feira (3).

Os casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), que entre outras doenças inclui a COVID-19, já são 446 no Estado.

Dos 90 casos confirmados, 16 estão hospitalizados, sendo 9 em leitos de UTI e 7 em leitos de enfermaria. Onze se recuperaram e outras 63 pessoas estão sendo tratadas e monitoradas em domicílio. O óbito também é contabilizado entre os casos confirmados.

Os onze pacientes considerados recuperados deixaram de apresentar sintomas após 14 dias do diagnóstico, como prevê protocolo da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Entre os confirmados, constam dois casos, um de Sonora (MS), e um de São Paulo (SP). Os dois foram notificados por Rondonópolis e Chapada dos Guimarães, respectivamente, porque os doentes estão aqui, apesar de serem residentes daqueles estados.

Cuiabá tem 50 casos confirmados; Rondonópolis (incluindo o caso de São Paulo - SP) tem 7; Várzea Grande tem 6; Tangará da Serra tem 5 casos; Sinop também tem 6 casos; São José dos Quatro Marcos tem 2 casos; Cáceres tem 2; União do Sul tem 1; Chapada dos Guimarães (incluindo o de São Paulo - SP) tem 2 casos; Primavera do Leste tem 1 caso; Nova Mutum tem 1; Nova Monte Verde tem 1; Lucas do Rio verde tem 1 caso; Canarana tem 1; Campo Novo do Parecis tem 1; Aripuanã tem 1; e tem Alta Floresta também tem 1 caso.

Cuiabá, Várzea Grande e Rondonópolis já têm transmissão comunitária, quando já não é possível saber a fonte da doença.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE