Cuiabá, 25 de Outubro de 2020

POLÍCIA
Quinta-feira, 10 de Setembro de 2020, 09h:24

ENCONTRADOS EM MATAGAL

Quatro homens são torturados e baleados por membros de facção criminosa

Única News
Da Redação

(Foto: Reprodução)

Quatro homens foram encontrados baleados e abandonados em um matagal, na zona rural de Jangada (a 80 km de Cuiabá), após uma tentativa de chacina na madrugada desta quinta-feira (10). Segundo informações, o crime teria sido praticado por membros de uma facção criminosa.

De acordo com as vítimas, eles foram sequestrados no bairro da Manga, em Várzea Grande, e levados com o carro da empresa em que trabalham pelos bandidos. Durante a abordagem, os suspeitos perguntaram se eles eram membros de uma facção criminosa rival da que eles pertenciam. As vítimas negaram e disseram que não faziam parte.

Uma viatura de fiscalização da concessionária Rota do Oeste passava pela BR-163 quando flagrou um homem caído às margens da via. Aos servidores, ele afirmou que outras três pessoas estavam feridas e amarradas dentro do matagal.

A Polícia Militar e uma ambulância da Rota do Oeste foram acionadas e realizou os primeiros socorros na vítima encontrada na rodovia. O homem estava ferido com 3 tiros na perna. Logo depois, os policiais entraram na região de mata em busca dos outros feridos e logo os encontraram.

Um deles estava baleado na perna, costas e pélvis. Já o outro estava com um tiro no rosto e dois nas costas. A terceira vítima foi encontrada, mas sem nenhum ferimento de tiro, apenas com lesões devido às agressões sofridas antes.

Duas das vítimas foram encaminhadas para o Pronto-Socorro de Várzea Grande. Já a outra está no Hospital Municipal de Cuiabá. No local do crime, os policiais encontraram 12 cápsulas de munição, sendo 4 de 380 e 8 de .40.

O caso foi registrado e será investigado pela Polícia Civil.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE