Cuiabá, 17 de Janeiro de 2021

POLÍTICA MT
Sexta-feira, 27 de Novembro de 2020, 22h:06

ÚLTIMO DEBATE

Em clima ‘morno’, debate entre Abilio Jr e Emanuel na TVCA tem início

Euziany Teodoro
Única News

TVCA

Os candidatos à Prefeitura de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB) e Abilio Jr (Podemos), participam de seu último debate antes das eleições do próximo domingo (29). Realizado pela TV Centro América, afiliada da Rede Globo na Capital, o debate começou em um tom muito mais ameno do que o registrado mais cedo, em debate da TV Vila Real, na manhã de hoje.Os candidatos à Prefeitura de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB) e Abilio Jr (Podemos), participam de seu último debate antes das eleições do próximo domingo (29). Realizado pela TV Centro América, afiliada da Rede Globo na Capital, o debate começou em um tom muito mais ameno do que o registrado mais cedo, em debate da TV Vila Real, na manhã de hoje.

No primeiro bloco, falaram sobre propostas, começando por políticas públicas para as mulheres. Abilio citou os projetos pelos quais votou a favor na Câmara de Cuiabá, como projetos sobre saúde e combate à violência contra a mulher.

Pinheiro, por sua vez, falou sobre a Secretaria da Mulher, reforma e requalificação da Casa de Amparo, ala especial para mulheres no HMC e a proposta de implantar um benefício de R$ 500 para menores de idade que são filhos de mulheres vítimas da violência, que pretende começar num possível próximo mandato.

Sobre a causa animal, divergiram. Abilio disse que propôs, em parceria com outros vereadores, vários projetos para o setor, como chipagem de animais, programa para castração e outros, que foram vetados pelo prefeito. De volta, Pinheiro expôs suas ações, como a instituição da Diretoria de Bem Estar e o Hospital Veterinário Municipal, cujo recursos já está alocado, segundo ele, aguardando uma nova área onde possa ser construído.

Por último, trataram da pandemia da covid-19, quando Abilio questionou onde foram investidos R$ 162 milhões enviados pelo Governo federal. Pinehrio explicou que este era o valor para todo o país, não apenas para Cuiabá, e explanou suas ações.

Por fim, deu a única “alfinetada” neste primeiro bloco. “Não vamos colocar um saco na cabeça e dar um tapa na cara da população cuiabana, que tem perdido seus entes queridos”, disparou, referindo-se a episódio em que Abilio colocou uma sacola na cabeça, no início da pandemia, e fez chacota, dizendo que era mais seguro que máscara. O debate terá, ainda, mais dois blocos. Veja aqui.

 


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE