Cuiabá, 26 de Maio de 2024

RADAR NEWS Terça-feira, 14 de Fevereiro de 2017, 12:23 - A | A

14 de Fevereiro de 2017, 12h:23 - A | A

RADAR NEWS / SODOMA

STJ pode dar liberdade a Silval e anular investigação

Da Redação



(Foto: AL-MT)

silval-barbosa 4.jpg

 

As investigações da operação Sodoma que aponta envolvimento do ex-governador Silval Barbosa (PMDB) podem ser suspensas pela Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e deixar Silval livre da prisão.

 

O pedido de habeas corpus impetrado pela defesa do ex-gestor deve entrar na pauta na tarde desta terça (14). O pedido de liberdade está concluído desde novembro de 2016 e teve como relator o ministro Antônio Saldanha Palheiro.

 

A Delegacia Fazendária de Estado (Defaz), deflagrou hoje, a 5º fase da Operação Sodoma, que apura fraudes à licitação, corrupção, peculato e organização criminosa em contratos celebrados entre as empresas Marmeleiro Auto Posto LTDA e Saga Comércio Serviço Tecnológico e Informática  LTDA, nos anos de 2011 a 2014.

 

 

Além de Silval que teve novamente mandado de prisão, a operação pediu prisão do ex-secretário de Administração – do governo Silval, o advogado Francisco Faiad. Como também seu ex-assessor Sílvio Cesar Corrêa Araújo, o ex-secretário adjunto de Administração, José Jesus Nunes Cordeiro, Valdisio Juliano Viriato.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia