Cuiabá, 29 de Novembro de 2020

VARIEDADES
Segunda-feira, 26 de Outubro de 2020, 08h:49

MATERNIDADE REAL

Enzo Celulari mostra unhas pintadas com tema Halloween

Quem News

(Foto: Reprodução/Instagram)

Kelly Key, de 37 anos, compartilhou uma foto em seu Instagram neste sábado em que aparece com os três filhos. Na legenda, ela falou sobre os desafios da maternidade. A cantora contou que, aos 16, quando teve Suzanna, de 19, com Latino, "achava que sabia tudo". Ela ainda destacou que "estava só", enfatizando a ausência do cantor na criação da primogênita.

Em seguida, falou sobre Vitor, de 15, e Arthur, de 3. Os meninos são fruto do casamento da cantora com Mico Freitas. Kelly disse que e eles chegaram para "fortalecer a equipe".

"Filhos amados! Três lindas e genuínas razões para eu me cuidar todos os dias! Por quê!? Porque quero ter saúde e disposição até o último minuto que me for permitido ao lado deles! Deus me presenteou com cada um deles em fases completamente diferentes da minha vida...", começa

"Da Suzanna, eu estava com 16 para 17 anos... Era uma menina e achava que sabia de tudo! Um filho me tornaria independente! Mal sabia eu como me tornaria dependente dos meu pais nessa fase da vida em que precisei trabalhar como nunca e estava só. Sim, eu era imatura como qualquer menina da idade... Mas uma coisa que eu sempre tive foi responsabilidade! Sabia meu lugar como mãe e meu lugar como profissional!", diz ela, sem citar Latino na criação da filha.

"E assim segui minha vida aqui, por trás do glamour que separa a vida real da minha vida profissional... (como gosto mais da parte real e com pouco glamour, fui ficando cada vez mais por aqui mesmo...)", afirma.

"Veio o Vitor [para] fazer qualquer mãe ir à loucura com um casal de filhos! Eu e o Mico ficamos em êxtase com a notícia... Tínhamos um casal e a família cada vez mais real e feliz! Estávamos mesmo criando nosso mundinho particular... Nossa equipe! Segui a partir daí trabalhando muito menos! Muito menos mesmo... Já estava mais madura e conseguia já fazer escolhas com mais consciência e qualidade. A família e vida musical são coisas muito difíceis de conseguir conciliar... Um músico se ausenta muito para trabalhar. Se o parceiro ou parceira não tiver disponibilidade de acompanhar, ou se não acordarmos em tempo e organizarmos nossas prioridades, acabamos por perder nossa família. Levei 5 anos trabalhando incansavelmente... mas esse foi o meu limite! O pé no freio foi necessário e fundamental", conta.

"Viva a era digital, que me permitiu continuar com o que gosto de fazer (me comunicar e gerar entretenimento) e também me permitiu ter a tranquilidade de entrar em mais uma gestação. Nosso pequeno Arthur nasceu fazendo nosso time mais forte!", conclui.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE