Cuiabá, 19 de Junho de 2024

GERAL Sábado, 23 de Dezembro de 2023, 09:27 - A | A

23 de Dezembro de 2023, 09h:27 - A | A

GERAL / LUTO NA POLÍTICA

Pai da deputada Amália Barros morre no interior de SP aos 72 anos

Bino Barros foi um dos fundadores do PSDB em SP junto como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e o ex-governador Mário Covas.

Ari Miranda
Única News



Faleceu nesta sexta-feira (22) o empresário e ex-vereador pela cidade paulista de Mogi Morim, Albino Peres de Barros (72). “Bino”, como era conhecido, é pai da deputada federal mato-grossense, Amália Barros (PL), e estava internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), por complicações causadas pala diabetes.

Amália usou sua conta no Instagram para prestar homenagem ao pai. “Te amo e sempre vou amar! Você foi o melhor pai que eu poderia ter! Obrigada por tanto… Que homem incrível você foi!! #luto”, escreveu a deputada.

O velório de Bino Barros foi realizado nesta sexta-feira (22), na Câmara Municipal de Mogi Morim, em São Paulo e, conforme a deputada, o cortejo e sepultamento será realizado neste sábado (23) à partir das 10h.

Além de Amália Barros, Bino deixa a esposa Maria Helena Barros e o filho, João Manoel, assessor do prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB). Deixa ainda duas netas e um neto.

VIDA POLÍTICA

Formado em Agronomia, “Seu” Bino ingressou na vida pública entre o final dos anos 1970 e início dos anos 1980.

Em 1982, foi eleito vereador pelo MDB, opositor da “Arena”, partido político do governo militar. Foi reeleito para o mandato em 1988. Também foi presidente da Câmara de Mogi Mirim em duas Legislaturas.

Ainda em 1988, Bino Barros deixa o agora PMDB para ser um dos fundadores do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) de São Paulo, juntamente com lideranças históricas, como o ex-presidente do Brasil, Fernando Henrique Cardoso e o ex-governador paulista Mário Covas, falecido em 2001.

Foi também foi candidato aos cargos de deputado estadual, em 1990, e vice-prefeito de Mogi Mirim, em 1992, porém não conseguiu se eleger para os cargos. Após os reveses políticos, seguiu no funcionalismo público, trabalhando por mais de 20 anos no Governo do Estado de São Paulo.

Em 1996, ajudou a esposa, Maria Helena Scudeler de Barros, atual secretária de Relações Institucionais da Prefeitura de Mogi Mirim, a se eleger vereadora naquela cidade, cargo que ela ocupou até 2020. E nas eleições de 2022, viu a filha Amália Barros ser eleita deputada federal em Mato Grosso, como uma das candidatas mais votadas para o cargo no estado.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia