Cuiabá, 24 de Fevereiro de 2020

POLÍCIA
Terça-feira, 14 de Janeiro de 2020, 18h:15

SEMOB REGISTROU B.O.

Cuiabano agride funcionário de guincho para recuperar moto apreendida

Elloise Guedes
Única News

(Foto: Reprodução)

O funcionário de uma empresa de guincho foi agredido por um homem, no começo da tarde desta terça-feira (14), ao tentar recolher a moto de um rapaz, que teria estacionado a motocicleta em local proibido, na rua Treze de Junho, em Cuiabá.

A confusão foi filmada por várias pessoas que passavam no momento. Os vídeos que estão circulando nas redes sociais estão viralizando, sendo compartilhados em vários grupos de Whatsapp.

Nas imagens, várias pessoas se aglomeraram em torno do caminhão do guincho. O proprietário da motocicleta se revolta com a apreensão e acaba subindo na carroceria onde a moto está colocada.

Ele tenta retirar a moto à força, mas é impedido pelo funcionário do guincho. Outros homens sobem na carroceria do caminhão e ajudam o dono da moto a retirar o veículo. Nesse momento, o funcionário é agredido.

Agentes da Secretaria de Mobilidade Urbana, os chamados “Amarelinhos”, responsáveis pelas multas nas motocicletas irregulares, presenciaram toda a confusão.

Por meio de nota, a Semob informou que já está tomando as devidas providências e vai registrar um boletim de ocorrência contra os possíveis agressores, que não tiveram os nomes revelados.

Veja a nota da Semob:

A respeito da situação de violência registrada no início da tarde desta terça-feira (14) Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) informa que:

- Os agentes de trânsito e o funcionário da empresa responsável pelo guincho atuaram em conformidade com as suas funções e com suas atribuições legais.

- As motocicletas removidas estavam estacionadas sobre a calçada, infração considerada grave.

- A irregularidade impede o fluxo de pedestres pelas calçadas, colocando-os em risco.

- A Secretaria e o profissional que foi vítima de agressão registrarão boletins de ocorrência junto à Polícia Militar (PM).

- Os envolvidos devem responder pelos crimes de vandalismo e agressão.

- As imagens feitas pelos cidadãos que testemunharam as agressões serão repassadas às autoridades e o crime será investigado pela Polícia Civil.


Veja o vídeo:


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE