Cuiabá, 22 de Janeiro de 2021

POLÍTICA MT
Quarta-feira, 25 de Novembro de 2020, 16h:57

SEM MUDANÇAS NA RETA FINAL

Ibope: 88% dos cuiabanos que já escolheram em quem votar não mudarão seus votos

Claryssa Amorim
Única News

(Foto: Nelson Jr./Ascom/TSE)

Pesquisa Ibope divulgada na segunda-feira (23) sobre o segundo turno em Cuiabá, aponta que 88% dos cuiabanos entrevistados que já escolheram entre os dois candidatos à Prefeitura de Cuiabá – Emanuel Pinheiro (MDB), prefeito e candidato à reeleição, e Abilio Jr (Podemos) – ou disseram que votarão em branco ou nulo, não mudarão mais sua escolha na reta final da campanha.

Do total de 567 pessoas que apontaram como será seu voto, 499 afirmam que a escolha é definitiva. Aqueles que podem considerar mudar de opinião somam apenas 12%, ou seja, 68 pessoas.

A pergunta da pesquisa aos eleitores cuiabanos foi: “Durante a campanha o eleitor pode conhecer melhor os candidatos e suas propostas e mudar sua decisão de voto. Pelo que tem visto até este momento, o (a) sr (a) acha que sua decisão de voto para Prefeito de Cuiabá ainda pode mudar ou já é definitiva?”.

Nesta pesquisa, Abilio Jr aparece em primeiro lugar, com 48% das intenções de voto, enquanto Emanuel Pinheiro tem 40% da preferência dos entrevistados. Devido à margem de erro, de 4 pontos percentuais para mais ou para menos, os dois estão, inclusive, em empate técnico.

Referente ao gênero, 92% dos homens entrevistados não mudarão de opinião, enquanto 84% das mulheres também já bateram o martelo.

Em relação à idade, os jovens entre 16 e 24 anos lideram o voto definitivo, com 95% dos entrevistados. Das pessoas entre 25 e 34 anos, 84% disseram que não mudarão de opinião.

A pesquisa foi realizada entre os dias 21 a 23 de novembro e entrevistou 602 pessoas. A margem de erro é de 4,0 pontos percentuais para mais ou para menos. O levantamento foi registrado na Justiça Eleitoral sob a inscrição MT 07435/2020.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE