Cuiabá, 22 de Maio de 2024

RADAR NEWS Segunda-feira, 04 de Setembro de 2017, 12:39 - A | A

04 de Setembro de 2017, 12h:39 - A | A

RADAR NEWS / APOSENTADORIA EM XEQUE

Chico Lima passa por bateria de perguntas na PGE sobre esquemas com Silval

Da Redação



(Foto: Reprodução)

Chico Lima-preso-sodoma e seven.jpg

 

Está marcada para esta segunda-feira (04) o interrogatório do procurador aposentado Francisco Gomes de Andrade Lima Filho, o “Chico Lima”, na Procuradoria Geral do Estado. Ele se defende no no Processo Administrativo Disciplinar (PAD) que apura sua conduta. Chico Lima é acusado de participar de várias fraudes na gestão do ex-governador Silval Barbosa (PMDB).

 

Se forem comprovadas infrações graves, Chico Lima, mesmo aposentado, pode ser penalizado com a perda dos vencimentos mensais. Ele recebe cerca de R$ 30 mil, além de outros benefícios concedidos. O PAD instaurado desde 2015 investiga se o procurador aposentado cometeu irregularidades na emissão de sete pareceres que resultaram em fraudes já confessadas pelo ex-governador  

 

Lima é apontado como membro ativo da organização criminosa chefiada pelo ex-governador do Estado. Ele foi preso no ano de 2016, em operações da Delegacia Fazendária e do Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado (Gaeco) pelos crimes de corrupção passiva, organização criminosa e lavagem de dinheiro. 

 

Denunciado nas operações Sodoma - nas peimeira e segunda fase e ainda na operação Sven - Lima seria também supostamente um dos articuladores do desvio de R$ 15 milhões dos cofres do estado no governo Silval.

 

No último depoimento à juíza Selma Arruda, na 7ª Vara Criminal, no mês de julho, ele confessou ter recebido R$ 680 mil de propina proveniente da desapropriação de uma área no bairro Jardim Liberdade, em Cuiabá. Além de negociar diretamente com o dono da área o "retorno" da propina, Chico Lima deu parecer avalizando o pagamento da desapropriação. 

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia