Cuiabá, 15 de Janeiro de 2021

POLÍCIA
Terça-feira, 09 de Junho de 2020, 08h:12

EM MIRASSOL DO OESTE

Homem descobre que filho de 14 anos fazia sexo por dinheiro e espanca estuprador

Única News
Da Redação

(Foto: PM-MT)

Um homem de 54 anos, foi preso por estupro após o pai de um adolescente de 14 anos descobrir que o filho estava se ‘relacionando’ sexualmente com o suspeito a troco de dinheiro. O caso foi registrado no domingo (7) e divulgado nesta segunda-feira (8), em Mirassol Do Oeste (a 296 km de Cuiabá).

Segundo informações, o pai teria flagrado o filho com R$ 120 e o menor confessou que conseguiu o valor com o pedófilo na região central da cidade. Imediatamente o homem voltou à casa do acusado com o filho e teria feito o estuprador ‘comer’ o dinheiro antes de chamar a polícia.

Ainda de acordo com o pai, há dias ele tem reparado que o filho esta com um comportamento diferente, e que pegou umas mensagens estranhas no celular do filho.

Nesse domingo (07), o adolescente saiu de casa para ir ao culto da igreja, no entanto, demorou demais para voltar e como o pai já tinha suas desconfianças saiu para procurar. O homem encontrou o menor já próximo de casa, no bairro Jardim São Paulo.

Ao questionar o filho, a testemunha descobriu que ele estava com os R$ 120 e, após pressionar, ele explicou que tinha recebido de um homem em troca de sexo. Descontrolado, o homem e fez o garoto o levar até a casa do acusado, onde após muita insistência batendo na porta o acusado atendeu.

O pedófilo negou o crime, mas ficou pressionado e acabou confessando que tinha dado o dinheiro ao menino em troca de ‘ficarem juntos’. O tarado pediu perdão e ainda implorou para não chamar a polícia.

O pai da vítima ainda bateu no suspeito e o obrigou a comer o dinheiro que ele havia dado para o filho dele. A Polícia Militar e encaminhou o suspeito para as providências cabíveis.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE